Qual foi e qual é atualmente o cachorro mais velho do mundo?

Ao levar para casa um cachorro, a estimativa de vida para o pet é de, em média, 15 anos, variando de acordo com o porte. Mas existem casos em que esses pets ultrapassam — e muito — as expectativas. A seguir, vamos descobrir qual é o cachorro mais velho do mundo?

Bluey, o cachorro mais velho do mundo de acordo com o Guinness

Ao buscar por curiosidades sobre o cachorro mais velho do mundo na internet, o nome Bluey é o primeiro que aparece. No entanto, você também vai encontrar diversos resultados com o nome Maggie.

Enquanto o primeiro chegou aos 29 anos, a segunda teria alcançado os 30. Afinal, qual dos dois levou a melhor no quesito longevidade: Bluey ou Maggie?

Pelo menos para o Guinness, o livro dos recordes, o título pertence a Bluey. Isso porque, para ser considerado oficialmente o cachorro mais velho do mundo, é necessário que o tutor apresente alguns documentos comprobatórios — algo como uma certidão de nascimento.

No caso de Brian McLaren, tutor da kelpie australiana Maggie, ele não possuía essa documentação. Sendo assim:

“A idade mais avançada alcançada por um cachorro de maneira confiavelmente registrada é de 29 anos e 5 meses, referente a um boiadeiro australiano chamado Bluey”, consta no Guinness.

Bluey nasceu em 1910, em Rochester, no estado de Victoria, na Austrália. Lá ele trabalhou por quase 20 anos, ajudando no pastoreio de gado e de ovelhas. Sua morte ocorreu em 14 de novembro de 1939. Ao todo, foram 29 anos, 5 meses e 7 dias de vida. Impressionante!

Qual é o cachorro mais velho do mundo hoje?

Tanto Bluey quanto Maggie já nos deixaram. Maggie partiu recentemente, em abril de 2016. Isso deixa aberta a questão de qual é o cachorro mais velho vivo atualmente.

Assim como no caso de Maggie, a falta de documentação robusta dificulta a tarefa de determinar a resposta para a questão de maneira definitiva.

Até porque para que fosse cogitado seu registro no Guinness, seria necessário que um cachorro ultrapassasse a marca de 29 anos. Além disso, não é feito um censo para monitorar a informação.

No Brasil, acredita-se que o cachorro mais velho do país seja o pinscher Fred. Com impressionantes 24 anos, ele ficou conhecido no começo de 2018, mas já apresentava problemas de saúde. Fred já era um cachorro idoso com dificuldade de andar.

Cachorros mais velhos do mundo: o que eles têm em comum

A curiosidade em saber qual é o cachorro mais velho do mundo não é de maneira alguma desinteressada. No fundo, o que todo tutor que tem um cachorro idoso gostaria de saber é o que fazer para que seu filho de quatro patas viva bem e por mais tempo.

Infelizmente, não existe um método que garanta uma quantidade exata de anos de vida. Porte do cachorro, assim como maior predisposição genética a certas doenças, contribuem para reduzir sua longevidade. No entanto, algumas medidas têm impactos muito positivos. Veja dicas:

  • Estimule a atividade física! Ela contribui para evitar problemas ligados ao sedentarismo, como obesidade, diabetes, pressão alta, entre outros;
  • Ofereça rações de qualidade. Uma alimentação balanceada garante os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo;
  • Cumpra corretamente o calendário de vacinação. As vacinas mantêm o seu amigo protegido contra diversas doenças potencialmente fatais, como raiva, cinomose, etc.;
  • Mantenha o pet protegido contra ectoparasitas. Mais do que coceira, pulgas e carrapatos também podem transmitir doenças,
  • Leve seu amigo para um check-up ao menos uma vez por ano. Identificar alterações no organismo logo no início facilita e aumenta as chances de sucesso nos tratamentos.

site do café

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *