Obesidade em hamster: será que seu roedor precisa de dieta?

0
13

Os roedores são extremamente, carismáticos e divertidos. Algumas espécies, inclusive se parecem verdadeiras bolinhas de pelo. Esse visual pode ser muito charmoso, mas, dificulta na hora de identificar a obesidade em hamster.

Isso faz com que muitos tutores se questionem sobre a necessidade de uma dieta para seus amiguinhos. Se você acha que seu hamster está um pouco fora de forma, fique atento ao guia que preparamos para identificar o problema!

Afinal de contas, esses roedores ficam obesos?

De acordo com pesquisas, os hamsters mudam de peso o tempo todo. Este é um processo comum, que está relacionado à evolução da espécie.

Um estudo da Universidade de Hamburgo mostrou que os hamsters siberianos perdem quase metade de seu peso durante o inverno. É um mecanismo natural para sobreviver durante os meses mais frios e sem tanta comida.

Assim, se você notar que seu pet está “mais cheinho” do que se recorda, talvez seja um processo normal de sua fisiologia. Entretanto, os hamsters podem sim ficar obesos.

Na verdade, segundo especialistas, a obesidade em hamster está cada dia mais frequente. Maus hábitos são a principal causa do excesso de peso. Por isso, fique atento nas dicas de como evitar este problema.

Causas da obesidade em hamster

Na natureza, os hamsters dificilmente ficam obesos. Estes pequenos roedores são verdadeiros atletas, e costumam correr vários quilômetros por dia.

Não é à toa que as gaiolas desses roedores de estimação são equipadas com rodinhas: eles adoram fazer longas caminhadas!

Mas, no ambiente doméstico, alguns hábitos podem contribuir para o excesso de peso. De acordo com veterinários, as principais causas de obesidade em hamsters são:

Má alimentação

Este é o problema número um. Muitos tutores dão mix de sementes para seus hamsters. Os pets adoram, mas não podemos esquecer que nozes e amêndoas são ricos em gordura, resultando em excesso de peso.

Gaiolas pequenas

Os hamsters são bem pequenos, mas isso não quer dizer que eles não precisam de espaço. Uma gaiola pequena, além de não oferecer condições para exercícios, pode estressar o animal e agravar a obesidade.

Falta de exercícios

Hamsters adoram correr. Por isso, muitas vezes, as gaiolas já vêm equipadas com rodas para exercícios. Mas, muitas vezes, a falta de estímulo faz com que o bichinho não se exercite muito.

Estresse

Ao ficarem estressados, muitos animais perdem o apetite. Com os hamsters ocorre o oposto: quando estes peludinhos sofrem com estresse, costumam comer mais e, consequentemente, ficam obesos.

Como identificar a obesidade em hamster?

Perceber as diferenças de peso em um pequeno roedor pode ser um tanto complicado. Além dos hamsters serem, naturalmente, fofinhos, eles são muito leves.

Por isso, analisar o peso apenas pegando seu amigo no colo é realmente um desafio. Especialistas recomendam algumas dicas para diagnosticar um hamster gordo:

  • Peso ideal: o peso adequado pode variar de acordo com o tamanho do pet. Um roedor saudável possui 20 gramas para cada 1 cm de comprimento. Geralmente, em um pet adulto, o peso vai de 100g a 200g;
  • Idade: hamsters mais novos costumam ser mais gordinhos. Porém, pets adultos perdem parte de sua gordura e ficam mais em forma. Se seu roedor tem mais idade e ainda mantém o aspecto redondinho, talvez esteja obeso,
  • Comportamento: em um caso de obesidade, não é só o peso que altera. Um animal acima do peso costuma ficar apático e sem energia.

Porém, especialistas recomendam que a única forma de saber, de fato, se seu hamster está obeso é procurar um veterinário. O médico saberá analisar a saúde de seu amigo roedor e passará as melhores recomendações!

Como ajudar um hamsters com obesidade

Se você percebeu que seu amigo roedor está acima do peso, não se preocupe. Existem algumas maneiras de estimular que seu pet perca a gordura em excesso e, assim, tenha mais saúde! Especialistas recomendam algumas medidas, como:

  • Ração de qualidade: este é o primeiro passo para um hamster mais saudável. A ração para roedores ideal deve possuir os nutrientes necessários para uma dieta balanceada;
  • Controle dos petiscos: sementes, nozes e legumes podem ser oferecidos, mas apenas como petisco eventual. Uma vez por semana é o recomendado!
  • Exercícios: Ofereça brinquedos, bolas de acrílico e tubos coloridos para seu amigo se exercitar. Lembre-se, também, que hamsters têm hábitos noturnos. Por isso, evite colocar a gaiola no seu quarto durante à noite: pode ser um incômodo para todo mundo.
  • Mais espaço: A gaiola recomendada para roedores deve ter 60 cm por 80 cm. E lembre-se, quanto mais espaço, melhor!
  • Evite o estresse: são diversos os fatores que podem causar nervosismo nos roedores. Outros animais, falta de higiene, ruído em excesso. Proporcione um ambiente tranquilo ao seu amigo.

Seguindo os passos acima, você oferece um estilo de vida mais saudável para seu pequeno companheiro.

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here