Lança-de-são-jorge

0
3
Lança-de-são-jorge
Lança-de-são-jorge
Lança-de-são-jorge
Sansevieria abyssinica
Assim como a lança-de-ogum, a herbácea leva o nome de um orixá porque é comumente usada nos cultos de umbanda. Suas folhas, reunidas em tufo, são cilíndricas, longas e pontiagudas, por isso são chamadas de lanças. Existe a crença popular de que essa espécie protege contra o mau-olhado.
A lança-de-são-jorge é uma planta herbácea, rizomatosa e suculenta, que por suas características esculturais e sua rusticidade, torna-se uma planta ornamental de interior por excelência. Suas folhas crescem em forma de leque, em rosetas basais. Elas são cilíndricas, eretas, rígidas e lisas, de cor verde-escura a acinzentadas com raias verde-claras. O florescimento ocorre uma vez ao ano, na primavera. As inflorescências surgem da base da planta, são longas e possuem efeito ornamental secundário. Elas contém numerosas flores tubulares, fulgazes, de cor branca rosada e muito perfumadas.
No jardim, a lança ganha destaque em bordaduras ao longo de prédios e muros. Mas pode ser utilizada isolada ou em grupos, compondo com outras plantas. É frequente e elegante seu uso em jardins contemporâneos ou de inspiração desértica, como jardins áridos, mexicanos, mediterrâneos, rochosos, etc. Seu uso mais frequente, no entanto, ainda é em vasos e jardineiras, adornando interiores, onde poucas espécies de desenvolvem. Por sua resistência à estiagem, é uma das poucas plantas que toleram ambientes com ar condicionado. Da mesma forma que o bambu-da-sorte, a lança-de-são-jorge pode ser trançada, ganhado um aspecto ainda mais curioso e interessante. É fácil de manter, sendo ideal para jardineiros de fim de semana e iniciantes, pois prospera mesmo com negligência e falta de regas.
Esta planta deve receber adubo orgânico a cada 90 dias, CLIQUE AQUI E CONHEÇA O MELHOR ADUBO ORGÂNICO PARA Lança-de-são-jorge

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here