Fatores que causam obesidade em cães e gatos

0
10
Fatores que causam obesidade em cães e gatos
Fatores que causam obesidade em cães e gatos
Fatores que causam obesidade em cães e gatos
A obesidade é uma preocupação que atinge tanto as pessoas, como nossos animais de estimação. Segundo a BBC Future, entre 22% e 44% dos pets estão em quadro de obesidade. E quando falamos de obesidade em cães e gatos nos últimos anos, essa porcentagem apenas vem aumentando.
Nos cães, o excesso de alimentação, por petiscos e restos de comida são um dos fatores que junto com pouco exercício físico levam o animal à obesidade. Se o dono do cachorro é obeso, aumenta a possibilidade do pet também ser. Já com gatos, os casos de obesidade tem grande relação com o fato de o tutor recompensá-lo com petiscos em brincadeiras.
Porém, não são apenas os animais domésticos que estão ficando obesos, já que alguns animais selvagens têm surgido com mais peso do que deveria ser normal. Isso leva os estudiosos a acreditar que algum fator ambiental e genético também pode estar ligado à obesidade. Uma descoberta que poderia até mesmo ajudar o combate no crescimento da obesidade nas pessoas.
Fatores que podem influenciar a obesidade em cães e gatos
Tratando de fatores que podem auxiliar no ganho de peso, pode-se citar a predisposição genética à obesidade, como é o caso dos cães da raça labrador. Segundo um estudo da universidade de Cambrigde, um a cada quatro labradores possui uma mutação genética que faz com que eles desenvolvam a obesidade.
A mutação, que ocorre em um gene conhecido como POMC, quando duplicada é responsável por um aumento constatado de 2 kg no peso do cachorro. Muitos dos animais possuem uma mutação assim, mas em alguns casos raros podem acontecer duas vezes.
No ganho de peso de animais no geral, segundo esta pesquisa, fatores ambientais podem influenciar diferentes espécies. Por conta das mudanças climáticas as marmotas, por exemplo, tem hibernado um mês a menos, o que faz com que elas comam por um período mais longo.
Já a privação do sono e a poluição luminosa são estudadas como outros motivos para a obesidade animal – e talvez de humanos.
Consequências da obesidade em cães e gatos
Ser obeso pode levar a vários fatores de riscos para seu pet, como propensão maior a outras doenças. Confira algumas das principais consequências que a obesidade pode trazer aos cães e gatos:
Maior risco em cirurgias por conta da maior dose de anestesia e pouca visibilidade dos órgãos devido a massa adiposa;
Surgimento e agravamento de doenças articulares;
Maior esforço físico, aumentando a dificuldade respiratória;
Aumento da pressão sanguínea e da pressão exercida sobre os órgãos vitais;
Surgimento de diabetes e problemas cardíacos;
Problemas no estômago e sistema digestivo.
Por mais prejudicial que a obesidade em cães e gatos seja não se deve culpar apenas os donos. O ganho de peso pode ser causa de diversos impulsos que os animais tenham. O importante é enxergar os sinais da obesidade em seu pet e buscar ajuda. Uma alimentação balanceada e exercício físico podem prolongar a vida do seu amiguinho.
Ofereça sempre ração orgânica aos seus pets.
CLIQUE AQUI E CONHEÇA A RAÇÃO ORGÂNICA PARA CÃES
CLIQUE AQUI E CONHEÇA A RAÇÃO ORGÂNICA PARA GATOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here