Conheça as frutas que cachorro não pode comer!

Se você é tutor de um cãozinho, com certeza sabe o quanto os peludos adoram um petisco. Além disso, também já deve ter se questionado sobre dar ou não uma frutinha ao pet. Confira a seguir as frutas que cachorro não pode comer!

Se frutas e vegetais são ótimos para nossa saúde, eles devem ajudar a saúde dos cachorros também, correto? Na verdade, especialistas alertam que muitos dos nossos alimentos fazem mal para os cães.

Afinal, cachorro pode comer fruta?

Antes de falarmos das frutas que cachorro não pode comer, vale a pergunta: cachorro pode comer fruta?

De acordo com especialistas, elas não devem ser a base da alimentação dos cães. Eventualmente, porém, seu pet pode, sim, saborear um petisco natural. Algumas frutas e legumes, além de saborosos, podem até fazer um bem danado para seu amigo de quatro patas!

Porém, nem tudo são flores, ou melhor, frutas…

Outros alimentos não só fazem mal como podem ser extremamente perigosos! Ingerir um vegetal que não é digerido pelo organismo do cão pode gerar sérias complicações. Assim, mantenha uma lista de quais frutas cachorro não pode comer na hora de oferecer um agrado ao seu amigo.

Frutas que cachorro não pode comer: quais são elas

Apesar de serem naturais e cheias de nutrientes, nem todas as frutas são benéficas para os cachorros. Alguns itens comuns de uma lista de feira podem ser extremamente perigosos para os cães!

cachorro olhando para pedaço de melancia

Para tirar todas as dúvidas, convidamos a médica-veterinária da Petz, Dra. Suelen Silva. Segundo a especialista, entre as frutas que o cachorro não pode comer, devemos citar:

Abacate

Engana-se quem acha que cães podem comer abacate.

Delicioso, salgado ou doce, o abacate deve ficar longe de seu colega peludo. A fruta possui uma substância chamada persina, que é venenosa para os pets. Por isso, pode causar vômitos, diarreias e problemas no coração.

Abacaxi

O abacaxi não é indicado, porém a fruta não chega a ser um veneno para os cães. Aqui, o problema é a acidez, que pode causar complicações no estômago do animal.

Carambola

A suculenta carambola é uma fruta um tanto polêmica. Algumas de suas substâncias causam doenças renais, principalmente em pets com alguma tendência a esses problemas. Por via das dúvidas, o melhor é evitá-la!

Laranja e limão

Frutas conhecidas pela acidez também passam longe da lista de frutas que cachorro pode comer.

Ninguém imagina que uma bela laranja, cheia de vitamina C, possa ser perigosa, não é mesmo? Porém, quem acha que cachorro pode comer laranja está bastante enganado!

O excesso de acidez dessas frutinhas pode causar gastrite e outras complicações. Portanto, ambas devem ficar de fora da dieta de seu amigo.

Uvas e passas

Se você pensa em dar uva para cachorro, é melhor pensar duas vezes. As uvas são extremamente perigosas para os cachorros!

Estudiosos não sabem ao certo quais substâncias da fruta afetam os cães, mas há diversos relatos de doenças e até mesmo mortes causadas pela ingestão da fruta.

As passas também apresentam os mesmos riscos e, por isso, não devem ser oferecidas ao seu companheiro.

Apesar da lista não ser muito longa, algumas frutas apresentam alto risco para os nossos pets. Por isso, o ideal é deixar a salada de frutas apenas para os humanos. Para seu amigão, escolha um petisco mais apropriado.

Outros venenos

Não são só as frutas estão entre as vilãs nessa história. Diversos alimentos podem causar reações indesejadas em nossos cães. A Dra. Suelen ressalta alguns itens que também apresentam perigo para os pets:

cachorro cheirando frutas

Chocolate: você provavelmente já ouviu que chocolate é venenoso para cachorros, não é mesmo? Pois saiba que isso não é um mito. Conforme explica a veterinária, uma substância chamada teobromina pode causar diversos problemas, desde vômitos e diarreia até problemas no coração.

  • Cebola e alho: os temperos favoritos da cozinha brasileira devem ficar longe de seu filho de quatro patas. Cebola e alho contêm alicina, substância que pode causar uma anemia grave em nossos amigos, comprometendo sua saúde;
  • Nozes: a maioria das nozes apresenta perigos para os cães. Castanhas, macadâmias e outros itens similares não fazem bem para os nossos amigos. Entre os diversos sintomas, diarreia e complicações intestinais são os mais comuns;
  • Comigo-ninguém-pode: o nome dessa planta já indica logo que ela não é flor que se cheire. Algumas das substâncias de suas folhas causam alergia e podem causar até asfixia em cães;
  • Costela-de-adão: bela e frondosa, a costela de adão é um ótimo item de decoração. No entanto, esta bela planta também é venenosa para cães.
  • Samambaia: uma das plantas favoritas entre os lares brasileiros, a samambaia apresenta riscos para os pets. O melhor é deixá-las suspensas e longe do alcance dos animais,
  • Copos de leite: belos e delicados, os copos de leite podem parecer inofensivos. No entanto, não se engane: eles são uma planta muito perigosa para pets em geral.

Ração: sempre a melhor opção

Você pode até achar que seu amigo vai se entediar ao comer ração todos os dias, mas aqui vai uma dica: os cães adoram a comida!

O alimento é feito especialmente para pets, com os nutrientes necessários e tudo que eles mais gostam. Além de atrativa, a ração é preparada cuidadosamente e dá garantia de oferecer um produto seguro para seu mascote.

cachorro com melancia tampando o rosto

Portanto, quando quiser variar, petiscos para cães também são a opção mais recomendada.

site do café

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *