Musgo: como aproveitar no seu jardim

0
27
Musgo: como aproveitar no seu jardim
Musgo: como aproveitar no seu jardim
Já reparou como o musgo vem cada vez mais sendo utilizado na jardinagem? Podemos encontrar ele facilmente em terrários, jardins de fadas (aqueles que são construídos a partir de vasos quebrados), em quadros ou até mesmo cobrindo toda uma parede!
Podemos descrever os musgos como plantas pequenas e delicadas, que geralmente não crescem mais do que 10 cm. A impressão que alguns tipos de musgo nos causam é de um tapete aveludado, por isso ele é tão usado em minijardins.
Ao contrário de outras plantas, os musgos se reproduzem por meio de células chamadas esporos, e não por sementes. Essa planta também se diferencia por gostar de lugares úmidos e de luz artificial. Ou seja, locais com sombra e sem luz solar direta.
No entanto, apesar da maioria viver melhor em regiões tropicais, existem alguns tipos que se adaptam a temperaturas mais amenas.
Em terrários, o musgo é presença garantida. Eventualmente ele pode ganhar uma coloração marrom e isso é um sinal de alerta. A causa pode ser excesso de umidade do pote. Para solucionar esse problema abra a tampa e deixe a água evaporar, e em seguida borrife água novamente e recoloque a tampa. Uma dica que pode ajudar a evitar esse problema é usar água filtrada para regar. Agora se o motivo não for nenhuma das causas anteriores, talvez você possa estar exagerando na sombra.
Se você costuma usar musgo ou pretende iniciar nas suas atividades de jardinagem, fique atento a possíveis surgimentos de fungos e mofo. É claro que isso só acontece em caso de umidade excessiva. Nestas situações, faça uma limpeza (pode ser com papel toalha mesmo) e remova as partes do musgo que foram atingidas pelo mofo e substitua por nova muda para evitar que isso se espalhe ainda mais. Com os fungos eliminados, a última parte é deixar toda água evaporar para então regar e fechar o terrário novamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here